sábado, março 22, 2014

Relato De Um Dia Normal

 
Aquela frase? Foi de um livro que ainda não li.
Correto, você está errado. Sei liberar meus sentimentos. Sei torná-los em ações reais. Sei falar o que sinto, mesmo que me arrependa do que eu tenha dito. Porém paro, reflito e digo: Fui sincera, essa sou eu.
Não faça piadas com seus sentimentos, caso contrário, nunca te levarei a sério, babaca.
Não vou te ignorar, nem agir como idiota, serei apenas essa que você não teve tempo de conhecer melhor. 50% eu diria.
Quando eu te incomodar. Quando eu for mais um número. Mais uma em uma foto... Seja sincero o suficiente para me falar. Não esconda o que vida te faz querer gritar. Não que eu esteja julgando suas verdades ou duvidando de suas palavras, mas é apenas um alerta, de que mentiras e falsidades irão incomodar se me forem apresentadas.
E o mais, não estou indo embora. Ganhei algo precioso e devo conservá-lo, quem sabe consertá-lo, mas isso de consertar não cabe apenas a mim.
Eu devia ter falado mais quando tive oportunidade, no entanto outras virão. Como eu posso afirmar? Apenas sei. Só observo [...]

Side By Side

 

Sinto falta das verdades não ditas. Das vezes em que me omiti em falar o que era certo a fazer na hora certa.
Sinto falta do olhar do garoto. Dos seus pensamentos compartilhados. Das vezes em que adivinhei o que ele não queria que fosse revelado. Gosto de sorrir ao lembrar daquela cara amassada de tantas bofetadas que a vida havia lhe dado. Me faz mais feliz lembrar dos momentos engraçados e de sua boa companhia. Saudade boa.
Para um quase apaixonado, você foi quase perfeito para se obter respostas sóbrias.
Sua dúvida, sua escolha. Que me adiantaria opinar? Teria feito diferença escolher ou ser escolhida?
Escolhi esperar por aquele que realmente me faz feliz. Ele também espera por mim.

sexta-feira, março 21, 2014

EVOL


Aos que andam soltos, convém a amargura de um olhar perdido, distraído ou simplesmente "nada a declarar".
Aos que vivem, sorrisos verdadeiros brotam-lhe da face.
Aos poetas, uma luz na escuridão define sua essência, sombria e estrelada.
Aos que amam... Convém amar.