sábado, setembro 14, 2013

Sai Da Zona De Conforto


Os ventos do solstício de verão aquecem esse coração oprimido, abatido e iludido. Para onde prosseguir?
O mundo está maluco sim, mas olhe a sua volta. Não atire contra você mesmo nem mate a alma pura que existe ai dentro. Mesmo que você diga que não, eu acredito, e lembro de todas as coisas boas e engraçadas que já vimos. Nem mesmo o conheço, mas sei que você seria um ótimo amigo, pois está ouvindo essa canção comigo. Depois de toda a dor que passamos, sei que o sol ainda brilha lá em cima e teremos justiça e paz nesse lugar onde vivemos, pois a batida das ruas está tocando e é bom lembrar que ainda se pode abrir os olhos.

terça-feira, junho 25, 2013

Da Característica Do Atributo Em Seu Mais Alto Nível


Não nos conhecemos mais, estamos perdidos dentro de nossas mentes, nossas vontades e consequentemente em nossas verdades. O sentido das palavras está banalizado.
...
Nossa, eu tenho 301 amigos no face! Em quantos eu posso confiar?


...falta essência.

domingo, janeiro 20, 2013

Para Quando?

 
Onde estão as árvores que plantei, as flores que reguei e os pássaros que sorriam todas as manhãs?
Destruíram florestas e exterminaram vidas de tantas espécies irracionais e racionais, para por fim construir selvas de pedras. Eu quero verde no mais infinito em que eu possa enxergar.
Quero meu urso polar em seu habitat. Rios com peixes de verdade, nada de mutantes transgênicos com cara de bonzinhos, hein USA.
Quero ver minha Amazônia curtir a melodia do cantar das aves, chega de barulhos ensurdecedores de moto-serras.
Quero aprender a falar tupi-guarani, tem algum professor índio por ai?
Carcará voe e cante as boas novas de um sertão florescente, sob um luar tão belo quanto poético, as margens da transposição tão esperada.
Que todas essas vontade e sonhos não sejam passageiros e modísticos.
Precisamos de soluções para ontem, para hoje e para o futuro.